sexta-feira, 22 de maio de 2009

CIDADE DA VERGONHA



Muitas leitoras daqui são do Rio, mas sei que a maioria é de fora, ou até mora fora do país.
Pra quem não sabe, na gestão do ex-prefeito, foi criado o projeto Cidade da Música. O orçamento inicial era de 80 MILHÕES de reais, e hoje em dia ela se encontra inacabada com custos de mais de 450 MILHÕES de reais. Ou seja, houve FRAUDE e muito SUPERFATURAMENTO, com um dinheiro que poderia ser investido em saúde, educação, segurança, etc.
Há um tempo atrás eu passei por lá e a obra estava começando. Um terreno enorme com madeiras a toda volta escrito Cidade da Música e a logomarca da Prefeitura. Há exatamente uma semana, a caminho do BarraShopping, passei pelo local e vi a obra praticamente completa, e pensei: "pra ser tão rápido assim, só com muito dinheiro!". Gente, vocês não tem noção... É muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito grande. É um espaço gigantesco, com um monumento até bonito de se ver. Mas parece abandonado. De fato está! Eu não vi uma alma viva naquele local.
O atual prefeito, junto com o MP está movendo uma ação contra o ex prefeito César Maia e sua gang. Claro que vai rolar um daqueles processos que demoram anos, mas Deus queira que não termine sendo arquivado e esquecido.
Há muita gente engajada em prol disso... Hoje mesmo teve um protesto em frente a Cidade da Música, encabeçado pelo Tico Santa Cruz. Poucos foram até lá, entre eles a atriz Priscila Fantin.
Se quiserem saber mais sobre esse movimento contra essa vergonha que fizeram e fazem na minha cidade, visitem os blogs da Priscila e do Tico.

Tico Santa Cruz

Priscila Fantin

Se isso acontecer na sua cidade, ou qualquer tipo de vergonha feita no nosso país, a gente nunca deve se calar. Mais vergonhoso é fingir que não está vendo.

Bjos,

3 comentários:

Gisa Dias* disse...

Isso ai... não gostou a boca no trombone!
Tá certa e apoiada!


bjoka*

Bonitas e bacanas disse...

Nunca tinha ouvido falar disso. Que horror.

Ah, eu adoro sombra marrom! Usa, sim
bjnss

Lily disse...

Infelizmente, a maior parte das obras do Brasil são apenas desculpas para roubar "na legalidade". As pessoas não têm jeito mesmo! Muito triste isso, mas não podemos nos acomodar.

Ótimo post!

Para honra e glória.

Para honra e glória.