sábado, 12 de dezembro de 2009

Deprê de final de ano

Todo ano acontece a mesma coisa. Vai chegando o final do ano, e eu vou ficando naquela depre, de saber que todo mundo vai viajar e eu vou ficar em casa.
Natal tudo bem né... Em casa com a família. Mas virada de ano já está tendo o mesmo roteiro: deitada na cama ouvindo a queima de fogos e vendo pela tv. Isso quando já estou dormindo, e só acordo pra lá de uma da manhã.
Carnaval também está no mesmo enredo. Em casa. Esse ano até passei fora, mas num lugar que tinha engarrafamento dentro da cidade, de tanta gente que tinha.
Na época de escola, início das aulas era uma tortura. As amigas contando tudo que fizeram em janeiro e eu sem nada pra contar. Só que havia ficado dentro de casa.
Não tenho lembranças de infância com viagens. No máximo passava fds na casa de parentes que moram a uns vinte minutos daqui. Sei que tenho parentes em outros estados, até países, mas não os conheço.
Quando eu tinha por volta de uns nove, dez anos... Alugamos uma casa na praia, e até com chuva íamos pra lá. Mas uma tia comprou a casa e ainda fomos algumas vezes.
Sempre lembro do meu pai indo viajar. Ou sozinho, ou com a minha mãe... E eu ficando em casa.
Tenho uma lista de lugares que quero conhecer, mas nunca dá. Falta grana, falta companhia, falta tudo. E ainda mais esses probleminhas de nervoso que me impedem de sair de casa.
Acreditam que nem Niterói eu conheço?
Nunca andei de avião. Um dia falei isso, e riram da minha cara.
Meu sonho é conhecer a Disney. É coisa meio de criança, mas... Sempre quis. Será que um dia? Vai que eu morro amanhã e isso não acontece.
Quando eu vou em blogs e vejo post de viagens, meu coração se aperta tanto. Dá aquela invejinha. Eu queria tanto poder também.
Teve uma época que eu queria tanto fazer intercâmbio. Não tinha um puto pra ir, mas nem que fizesse um empréstimo. Mas eu não sei falar inglês. Já entrei no curso duas vezes, mas sempre tenho que largar por falta de verba. Sempre que algo falta aqui, eu tenho que abrir mão de tudo. SÒ EU.
O que me mata é quem tem pra onde viajar, tem $$$ e não quer ir. Merece muita porrada na cara. Saiba que tem gente que quer muito conhecer outros lugares e não pode, e vocês de putaria.
Fora os convitinhos que eu recebo: Vamos viajar??? Aí no diz seguinte: Ain você não vai poder ir, pq querem levar o fulaninho e tem limite de pessoas pra ir. Pode acreditar isso já aconteceu comigo mais de uma vez.
Desculpem o desabafo, mas todo ano eu fico assim. Irritada ao extremo, porque vou ficar em casa. Todo mundo se divertindo, conhecendo... E eu no aconchego do meu lar a toa. Chegando a chorar de tédio. Sim, choro de verdade.
Quem for viajar, conhecer novos lugares, aproveite bastante. Aproveitem em dobro, por você e por mim.


10 comentários:

VanessaBatiista;* disse...

"Falta grana, falta companhia, falta tudo."

Natal em casa com a família, Ok.
Ano Novo, idem, PQP!
Todo mundo come, e depois cada um pras suas casas DORMIR!
PQP²...

Com certeza essa história/destino não é só seu!
Coisas como largar Inglês por falta de verba também não é só com você que acontece.. Eu entrei pro inglês quando tinha passado no basico 1, não tive grana pra fazer o dois... Um ano depois me matriculei no 2 e depois não pude pagar o 3, desisti!
E em 2010 vou ter que trancar a faculdade, pois tá muito difícil a situação, quase insustentável. Aí vou procurar trabalhar pra ver se melhora!
Mas vou te dizer uma coisa, fica se lamentando não, se é pra desabafar desabafe meeeeeesmo. Mas não se lamente, porque eu acredito que essas limitações acontecem com algumas pessoas porque existe uma coisa muuuuuuuuuuuuuuito maior guardada pra o futuro de cada uma...

Zinha Santos disse...

Vem pra Bahia, fia, aki é mara demais!!

Cássia disse...

VANESSA
Ain ser pobre é uma merda né? Mas tem horas que nem dá pra se lamentar. É melhor dar graças a Deus por não ter entrado numa furada. Tipo aqueles convitinhos que eu falei.

ZINHA
Bem que eu ia mesmo!!!

Shimmering Ladies disse...

Querida, não fique assim... É engraçado dizer, pois qdo estamos de fora, enxergamos o que a pessoa que passa pela situação não vê. Muitas vezes as pessoas que viajam, que têm convites mil não estão felizes nos lugares que estão. Muitas vezes, as pessoas saem de casa já imaginando o momento que voltarão. Sei que é um saco querer algo e não poder, mas a vida é assim. Se tivéssemos tudo que a gente quer, não valorizaríamos nada ! E finalizando meu bem, melhor ficar em casa, quietinha, do que ficar naquelas praias, cheias de "ném" comendo farofa, bebendo cidra cereser e rolando na areia... Por isso que amo ficar na minha casinha... :D

Bjs

★Vivian★ disse...

Cássia tbm sempre passei a virada e o Natal em casa, pra não dar tédio ia para igreja na missa do galo(na virada) e no Ntal, pq pelo menos rezando e dando graças a Deus pelo ano, eu esuqecia que num tinha grana para viajar tbm!
Então comece a agradecer e orar ou rezar mais que Deus sempre abre uma porta!
Um bjo!

jaque soares disse...

Cássia vc´passa por problemas semelhantes aos meus por isso visito o seu blog! Então todos os fins de ano tbm ficava muito triste pois minha mãe é cabeleireira e trabalha até quase meia noite e por causa disso a gente não saía e qndo saía era pra casa de parentes e tal...já passei inúmeros natais chorando, principalmente qndo minhas amigas iam pra casa ´dos avóns passar o natal com os primos, viajar e etc. Mas agora q estou mais crescidinha (19 anos)não estou ligando muito pra isso. Esse ano não tenho lugar para ir e se tiver é na casa dos parentes q não é nada prazeroso mas mesmo assim não desanimo.Tenho sempre fé q o ano q vem seja melhor e não vale a pena esperar q o próximo seja melhor, vale a pena ao menos tentar q o próximo seja melhor (com dinheiro pra se divertir)além disso abrir o coração pra novas amizades pra ser nossa companhia pra viajar(tbm tenho esse problema) e quem sabe um novo amor?Pra mim tdo isso é objetivo e pra falar a verdade ainda não tenho nada disso mas pelo menos tenho um tiquinho de força pra tentar mudar...Tente tbm cássia bjo

Môni Loureiro disse...

Ai nem me fala!
Eu também vou ficar em casa, sem contar que fico tão nostálgica no fim de ano, lembrando dos que não estão mais com nós, as metas que não atingi, enfim fico depre mesmo!
Beijos flor

Rita disse...

Amiga, querida!
Sua história é a mesma de muita gente, foi a mesma que a minha, passei sempre Natal e Ano Novo em casa (ainda passo, porque tudo nessa época é muito caro, num rola ir pra lugar nenhum, né?). Férias então é todo mundo trancado em casa. Mas penso que isso ajuda a gente a dar valor as coisas boas quando elas acontecem (e se aconteceu coigo, amiga, vai acontecer com vc sim, pode apostar!). Quando tudo é muito na mão, a gente não acha graça. A coisa vai mudar, sua vida tá somente começando, pode apostar nisso!

Beijocas!

Cássia disse...

MENINAS TODAS
Muito obrigada pelas palavras. To vendo que não sou a única. Mas tem momentos que dou graças a Deus por ficar em casa e não ir pra cada lugarzinho que só Jesus.

JAQUE
Tomara que 2010 seja bem diferente. Pra todo mundo. E que a gente consiga conhecer muitos lugares, que não seja a casa dos parentes hahahahaha

Stylosophy disse...

Esse lance de ano novo é a maior bobeira...achei legal vc desabafar dessa forma que pode deixar muita gente BEIGE. A verdade sempre liberta.
Tb estou com a sensação de não ter feito nada que presta esse ano, e tb vou passar o new year em casa, dormindo e assistindo os fogos pela TV. Aqui em bsb a festa é muito bonita mas esse ano com essa vergonha que aconteceu não sei se vai ter nada.
Sabe o que eu faço: se vc crer em Deus entre o ano conversando com ele, desabafando tudo, faz muito bem.
Eu geralmente faço isso, parece que limpa tudo do ano anterior.
Bjins!

Para honra e glória.

Para honra e glória.