sexta-feira, 12 de março de 2010

Telefone

Acabei de ver  lá na Katylene, a versão  tupiniquim de Telephone.
Na versão nacional ela é cantada pela Ximbica (aquela que enterra  a Stephany do Cross Fox), e a Nany People.

0 comentários:

Para honra e glória.

Para honra e glória.