terça-feira, 16 de dezembro de 2008

As time goes by [Com o passar do tempo]

Durante muito tempo, eu acreditava que a vida era que nem novela. Que apareceria um homem que casaria comigo, me daria filhos e eu seria feliz pra sempre. Só que eu era a pessoa mais fria do mundo. Pregava aquele ditado: Antes só do que mal acompanhada. Não fazia questão de ninguém ao meu lado. Nem amores, nem amigos.
Tudo mudou, quando me vi aos 15 anos iniciando uma síndrome do pânico. Eu tinha medo de tudo, e passei a querer compania sempre. Foras sensações horríveis que eu sentia. Fui ao fundo do poço.
Quando me reergui, coisas muito boas vieram pra mim. Amigas maravilhosas, risadas, aprendi muita coisa boa, coisa ruim também. Eu achava que minha vida estava encontrando o jeito certo.
Tudo mudou, quando me vi apaixonada por um cara que não ia querer nada comigo. Fiquei mal novamente. Muito mal por sinal. Nunca havia chorado e sofrido tanto. Mas como começou, teve um fim. E eu me reergui novamente. Prometi a mim mesma, que viveria pros meus amigos. E foi o que fiz.
Minha alegria era ter meus amigos por perto. Passei a viver por eles. Me deparei com todo tipo de pessoa. Alguns permaneceram na minha vida, outros saíra logo e deixaram raiva. Até que encontrei amigos que eu nunca pensei que fosse gostar tanto. E infelizmente, já estou vendo-os se afastando de mim. E tem doído muito.
Eu sempre tive a certeza de que eu era a melhor amiga que qualquer pessoa desejaria ter. Mas não sei se sou. Decidi, que não quero mais ser amiga de ninguém. Vai ver não levo mesmo jeito pra isso.
Deixei de viver pelo amor, to deixando de viver pelos amigos, acho que nem por mim eu to vivendo.
Me pergunto se eu sou a única nessa situação. Alguém sabe o que eu sinto?

11 comentários:

Marcio Santos disse...

Oi!
erga a cabeça dia apos dia e ao menos tente deixar as tristezas de lado..!





http://paginadacomedia.blogspot.com

Noticias reais e curiosas, todas verdadeiras e com fonte.

-----------------------------------------
parceria?
marciosc1986@hotmail.com
Vamos ajudar a aumentar nossos ganhos, clicando nos adsenses de nossos blogs parceiros!

Wander Veroni disse...

Oi, Cássia!

Pelo que li no seu relato vejo que vc é uma pessoa muito extremista. Ora está feliz, ora está triste. Isso é complicado. É preciso saber dosar e não ser extremista. Amizade é algo muito bacana, uma troca de conversas, opiniões e conselhos. Acho que todo mundo já sofreu por amor. Isso faz parte da vida. Mas depois, de um certo tempo, descobrimos que o amor mesmo é algo de duas mãos, não é só um que ama, são são dois.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Livia Queiroz disse...

Altos e Baiixos=VIDA!!!

As pessoas vem e vão o tempo todo, é assim mesmo...
N tente viver para ninguém nem por ninguém, mas por você mesma...
Ame, permita-se amar...mas n sqça q antes de amar qq pessoa tem q aprender a AMAR A SI MESMA...e AMAR MTO!!!!

Espero que melhore logo
bjoks

Arroiz disse...

Em relação a amigos, sim eu sei!
Todos eles vem, e vão como se nunca tivessem feito parte do meu coração. Mas, o amor, eu sei muito bem o que é ser amada. ^^ Ah meu um dia vc encontra sua metade. Pode ter certeza! É só amar quem te ama!

Cássia Barbosa disse...

Hum... acho que não amo ninguém nunca mais.

Bandys disse...

Cassia
O nunca não existe

_________________Paz
_______________União
______________Alegrias
_____________Esperança
____________Amor Sucesso
___________Realizações Luz
__________Respeito harmonia
_________Saúde solidariedade
________Felicidade Humildade
_______Confraternização Pureza
______Amizade Sabedoria Perdão
_____Igualdade Liberdade Boa sorte
____Sinceridade Estima Fraternidade
___Equilíbrio Dignidade Benevolência
__Fé Bondade Paciência Brandura Força
Tenacidade Prosperidade Reconhecimento
_______________!!!!
_______________!!!!
_______________!!!!
beijos

Jackeline Moffatt disse...

Olha... a vida é cheia de altos e baixos, e isso nada vai poder mudar. Então não deixe que nada te abale, pq se hoje você tá mal, amanhã é um novo dia, uma chance de fazer diferente e mudar a história! Fica bem ;)
beeijos

-tamy disse...

Desculpa, não vou postar um comentário muito otimista. Por que eu sei exatamente o que tu tá passando. Eu sei, porque eu tenho encarado isso diariamente.
Quando cansei do amor, me dediquei aos amigos. E quando resolvi me dedicar a eles, algumas coisas mudaram na minha vida, e desses amigos me afastei. Mesmo assim as coisas já não iam tão bem.
De um bom tempo pra cá, muita gente tem passado pela minha vida, ficado um tempo, e ido embora.
Bem como você disse, alguns ainda deixam raiva, assim como todos que passam, deixam algum sentimento.
E mais, sei que as pessoas que estão como meus amigos agora, não serão pra sempre, e nem por muito tempo.
Sei exatamente também como é sentir que você pode ser a melhor amiga do mundo, e não receber sequer uma amizade que valha por isso. Aprender a ser auto-suficiente em você mesmo, porque no quesito relacionamentos há de comer o pão que o diabo amassou.
E ainda, quando alguém aparece tentando amizade, essa pessoa não tem nada a ver comigo, não se encaixa no meu quebra cabeças. Não é capaz de me entender, e quando é pra ajudar, cai fora.
Parece que ao meu redor, ninguém é capaz de entender a minha cabeça, e o pior, eu não vejo as pessoas tão maduras quanto eu. É ridículo isso, e é mentalmente infantil. Por outro lado é realista, e acho que eu mereço um pouco de valor. Nem que seja de mim mesma.
E não, você não é a única pessoa nessa situação. Também tenho isso em mente. Mas foi bom encontrar alguém que parece entender o que tá se passando comigo.
Favoritei o seu blog, faço questão de voltar sempre aqui.
Se cuide, tenha uma boa sorte. E se souber por que isso acontece, ou tiver um conselho, eu gostaria muito que me contasse.

..::Denny::.. disse...

Oi Cássia!
Adorei sua passadinha pelo meu blog, viu?!
Querida, decepções nessa vida a gente tem aos montes... sei bem como é depois de um amor que foi pra sarjeta se voltar aos amigos e querer viver por eles.
Mas chega uma hora que é inevitável: a gente precisa direcionar o tanto de amor no nosso peito e direcioná-lo para nós. Porque se não vivermos por nós, quem vai?!

Adorei teus textos, passarei mais seguido
;**

Daniel Moraes disse...

Gostei dos textos, não tenho muito oq falar. apenas ... Boa Sorte ^^

Junior disse...

Infelizmente é a vida minha cara
=/

Para honra e glória.

Para honra e glória.